Data: 15/12/2021 Tags: Brasil | Celebridades | Opinião | Myrian Rios | André Gonçalves

Myrian Rios comenta prisão do Ex André Gonçalves por pensão: "Dava muito além como presente"

Imagem da Internet (divulgação)

Mãe de Pedro Arthur, de 20 anos, um dos três filhos do ator André Gonçalves, a atriz Myrian Rios, 63 anos, opinou sobre a prisão domiciliar do Ex, que deve cerca de R$ 500 mil em pagamentos atrasados de pensão alimentícia às duas filhas: Manuela, 22 anos, com a atriz Tereza Seiblitz, e Valentina, 18 anos, com a atriz e jornalista Cynthia Benini.

Myrian, que está no elenco de Poliana Moça, a segunda temporada de As Aventuras de Poliana, no SBT, opinou sobre o direito da pensão alimentícia e defendeu o Ex-marido, argumentando que sempre que André esteve trabalhando, pagava a pensão de Pedro e "dava muito além do combinado como presente para os filhos".

"Gostaria de deixar claro que, na minha opinião, a Lei da Pensão Alimentícia deveria sofrer um adendo. Sabemos que muitos pais não pagam a pensão por displicência e irresponsabilidade. Porém, sabemos também que existem casos em que os pais ficam doentes, desempregados e inadimplentes. Nesses casos, acredito que o pai provando que sua situação financeira não está bem e está sem condições de colocar em dia o saldo devedor, ele não deveria ser levado à prisão, o que dificultará de ser contratado e trabalhar", destacou.

"Assinaria um termo de compromisso, para quando voltar a trabalhar, colocar em dia o saldo devedor, sem esse exagero de juros e correção monetária como acontece sempre aqui no Brasil. Vira um saco sem fundo. Posso afirmar que sempre que o André esteve trabalhando, pagava a pensão e dava muito além do combinado como presente para os filhos", defendeu ela.

Primogênita


Mãe da filha mais velha de André Gonçalves, Tereza Seiblitz se pronunciou sobre a dívida de pensão de R$ 109 mil que o ator tem com Manuela. A atriz se manifestou ao responder um seguidor que deixou o seguinte comentário para ela nas redes sociais: "Cobrando pensão alimentícia para uma filha de 22 anos. Isso é vergonha. E ainda se diz feminista. Manda a Manuela trabalhar para se tornar uma mulher independente ao invés de viver de pensão eternamente. Isso é indigno".

Tereza contou que André não paga pensão alimentícia de Manuela há dez anos e o acusou de ter agredido verbalmente a filha quando a jovem foi cobrar a dívida. "Você não sabe o que está falando. Grosseiro e cruel como tantos pais que não assumem os custos dos filhos. Para seu governo, o pai da minha filha, que fez 22 anos, não paga pensão há 10 anos. Ela desistiu da cobrança. Foi verbalmente agredida por ele. Além disso, o advogado dele foi tão grosseiro que o mediador encerrou a sessão. Um conselho: Se não pode ajudar, não atrapalhe", postou a atriz, indignada.

Redes sociais


Após a publicação das notícias da ação que move contra o pai por falta de pagamento de pensão alimentícia, Manuela postou uma espécie de indireta ao pai nas redes sociais nesta segunda-feira (13/11). A estudante de cinema opinou sobre a declaração de André, que criticou a rigidez da lei que prevê prisão para quem não tem condições de pegar pensão.

"Curiosidade do dia: Mais de 5,5 milhões de pessoas não têm pai no registro e cerca de 12 milhões de mães chefiam lares sozinhas no Brasil", postou a jovem no Instagram Stories.

Em entrevista ao jornal O Globo, André discordou da prisão como pena por não pagar pensão. "É cruel essa lei (pensão alimentícia) determinar a prisão em cárcere privado porque ela não resolve. Eu não tenho R$ 350 mil e nem R$ 110 mil. Eu vou preso. Então eu acho desproporcional porque como sou um trabalhador autônomo não posso pagar R$ 6 mil para um e R$ 4,5 mil para outro. Me sinto no paredão de fuzilamento. Não sou uma pessoa má. Nunca fui com eles. Um filho fazer isso com um pai. O meu advogado sabe o tamanho do meu desespero, do meu sofrimento, porque principalmente se trata de pessoas que eu tenho afeto, que eu tenho amor, que eu convivo há 20 anos, então nos últimos cinco anos que eu me sinto um foragido, achando que a qualquer momento eu serei preso, sem o direito de defesa. A gente entrou na Justiça, tentou a revisão, tentou acordo com as mães, e não foi aceito", disse o ator.

Entenda o caso


Com prisão domiciliar decretada pela Justiça de Santa Catarina por não pagar a pensão alimentícia da filha Valentina, de 18 anos, André também trava uma guerra na Justiça contra Manuela, de 22 anos. Ele acumula uma dívida de quase meio milhão de reais de pensão para as duas.

Manuela assumiu o processo que a mãe dela, a atriz Tereza Seiblitz, movia contra o Ex na Justiça do Rio por alimentos atrasados. O processo tramita na 4ª Vara de Família da capital e espera a decisão do juiz. A estudante de cinema, que cobra uma pensão mensal de R$ 6 mil, não aceitou o pagamento atrasado do acordo de R$ 20 mil oferecido por André no último mês de outubro e agora também pede a reclusão do pai por uma dívida de R$ 109 mil.

A decisão de prisão domiciliar e o uso de tornozeleira eletrônica já proferida pela Justiça de Santa Catarina se deu, por uma dívida de R$ 13,5 mil cobrada em novo processo aberto por Valentina, referente aos três meses de atraso na pensão de R$ 4,5 mil a que teria direito.

Além desta, há uma outra ação movida por Cynthia em São Paulo que cobra mais R$ 350 mil por falta de pagamentos anteriores à filha do Ex-casal, mas que ainda está em negociação, o ator acaba de ter uma moto scooter avaliada em R$ 11 mil penhorada pela Justiça. O filho Pedro, de 20 anos, do casamento com atriz Myrian Rios, é o único que não contesta o valor pago pelo pai e recebe R$ 1 mil mensais de pensão.
Imagem da Internet (divulgação)

Whindersson Nunes anuncia último espetáculo para 2022

Whindersson Nunes já tem data para encerrar suas apresentações. Em um desabafo no Twitter nesta segunda-feira (20/12), o humorista disse que seu último espetáculo, chamado "Isso não é um culto", acontecerá em 2022.

Imagem da Internet (divulgação)

Apple é avaliada em US$ 3 trilhões, o dobro do PIB do Brasil

A Apple se tornou na segunda-feira, 03/01, a primeira empresa de capital aberto a atingir o valor de US$ 3 trilhões, mantendo a dona do iPhone como a companhia mais valiosa do mundo. A empresa já havia quebrado o recorde do US$ 1 trilhão, em agosto de 2018, e dos US$ 2 trilhões, em agosto de 2020.