Data: 17/12/2021 Tags: Mundo | Índia | Guerra | Cachorro | Macaco

Cachorro mata macaco e primatas "se vingam" arremessando 250 cães de prédio

Imagem da Internet (divulgação)

Parece que uma guerra foi declarada entre macacos e cães na província de Maharashtra, na Índia. Segundo reportagem do jornal Daily Star, uma matilha de cachorros matou um filhote de macaco, mas eles não imaginavam o tamanho do problema que estavam arrumando ao mexer com o macaquinho.

Nos dias seguintes, o bando se juntou e carregou 250 cães até o topo de edifícios altos e os arremessaram lá de cima.

De acordo com os moradores, as hostilidades eclodiram após uma matilha de cães matar um filhote de macaco. A aldeia de Lavool não tem mais um cachorro, de acordo com um site de notícias local.

Em uma imagem, um macaco pode ser visto carregando um cachorrinho em direção à borda de um prédio e, em outra, uma matilha de cães parece estar perseguindo um macaco.

Primatas x Humanos


A violência parece estar se espalhando, com macacos aparentemente atacando humanos quando tentam proteger seus animais de estimação. Também há relatos de crianças agredidas por "gangues" de macacos.

Em um dos relatos uma criança de 8 anos teria sido agarrada por um bando de macacos que tentaram arrastá-la antes de ser afastado por adultos que jogavam pedras no animal. Pelo menos um dono de cachorro caiu de um prédio enquanto tentava resgatar seu pet dos macacos sequestradores.
Imagem da Internet (divulgação)

Whindersson Nunes anuncia último espetáculo para 2022

Whindersson Nunes já tem data para encerrar suas apresentações. Em um desabafo no Twitter nesta segunda-feira (20/12), o humorista disse que seu último espetáculo, chamado "Isso não é um culto", acontecerá em 2022.

Imagem da Internet (divulgação)

Apple é avaliada em US$ 3 trilhões, o dobro do PIB do Brasil

A Apple se tornou na segunda-feira, 03/01, a primeira empresa de capital aberto a atingir o valor de US$ 3 trilhões, mantendo a dona do iPhone como a companhia mais valiosa do mundo. A empresa já havia quebrado o recorde do US$ 1 trilhão, em agosto de 2018, e dos US$ 2 trilhões, em agosto de 2020.